Instituto de Estudos da Linguagem - IEL
Loading
Página inicial | Contato | Mapa do site | WEBMAIL | Serviços
Pós-graduação Institucional | Graduação | Pós-graduação | Pesquisa | Publicações | Extensão | Biblioteca | CEDAE | Informática | Departamentos
 
Informações gerais
Programas
Processo Seletivo
Disciplinas
Docentes
Estudante Especial
Estudante Estrangeiro
Pós-doutorado
Calendário Escolar
Catálogos
Sipex/Lattes-CNPq
Relatório de Atividades
Auxílio Financeiro
PED
Egressos
Teses/Dissertações
Exame de Qualificação
Declaração/Atestado
 
Auxílio Financeiro

Normas

DISPOSIÇÕES INTERNAS DA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DA PÓS-GRADUAÇÃO E DOS CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE AUXÍLIOS À ALUNOS.

1. ITENS FINANCIÁVEIS PELA CAPES PARA OS ALUNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO:

PROEX/CAPES (PPGs: Linguística, Linguística Aplicada e Teoria e História Literária):
PROAP/CAPES (PPG: Divulgação Científica e Cultural)

2. DISPOSIÇÕES INTERNAS DA CPG/IEL:

O caráter dos auxílios concedidos é PARCIAL OU COMPLEMENTAR e dependerá sempre da disponibilidade de recursos por parte de cada Programa no momento da solicitação.
O PRAZO MÍNIMO de entrada da solicitação do auxílio junto à Secretaria de Pós é de 15 dias antes da data de início do evento ou da atividade de campo.
O solicitante deverá apresentar os seguintes documentos:
(obs.: outros documentos podem ser pedidos pela Coordenação do respectivo Programa)
- Formulário de Solicitação de Auxílio Financeiro
- Cópia simples do CPF e RG;
- Parecer do orientador;
- Texto completo a ser apresentado (quando se tratar de auxílio para Participação em Eventos)
- Cópia da carta de aceitação (quando se tratar de auxílio para Participação em Eventos)
- Plano de Atividades, com cronograma e orçamento (quando se tratar de auxílio para Pesquisa de Campo)


Todos os alunos de Pós-Graduação do IEL devem, obrigatoriamente, preencher e manter atualizados seus dados acadêmicos nos sistemas LATTES (CNPq) e SIPEX, antes de solicitar qualquer tipo de auxílio aos Programas.

3. CRITÉRIOS ESPECÍFICOS ESTABELECIDOS PELAS COORDENAÇÕES DE CADA PROGRAMA DO IEL:

3.1. LINGUÍSTICA

Normas transitórias para Auxílio Financeiro

1. Saída para pesquisa de campo

Só serão aprovadas saídas que já constarem do projeto de dissertação ou tese do aluno. Em casos excepcionais, saídas não previstas no projeto deverão ser amplamente justificadas pelo aluno e seu orientador. Cada doutorando terá o máximo de quatro saídas ao longo do curso e cada mestrando, duas, ficando o momento da saída à escolha do aluno e orientador. Este, entretanto, deve justificar o pedido, especialmente em relação ao momento da pesquisa em que está sendo solicitada a saída.

2. Participação em eventos

2.1. Será respeitada a seguinte ordem de prioridade: (i) não bolsistas; (ii) bolsistas sem Reserva Técnica ou Taxa de Bancada;
2.2. Cada aluno terá direito a apenas uma solicitação para participação em evento por ano;
2.3. para eventos nacionais: (i) as passagens aéreas ficam limitadas ao valor máximo de R$ 500,00 (podendo se aplicar a apenas um dos trechos da viagem) para reembolso para os discentes; (ii) as diárias ficam limitadas ao máximo de três (3);
2.4. para eventos internacionais: uma (1) única diária ou o pagamento da taxa de inscrição, desde que esta não exceda R$ 1.000,00.

3. Instruções para fazer a solicitação

Além dos documentos de praxe (versão completa do trabalho, carta de aceite, formulário preenchido e atualização do Lattes e Sipex), (i) o aluno deve apresentar uma carta comprometendo-se a publicar o trabalho. Deve especificar se haverá a publicação de Anais do evento ou se o trabalho será submetido a outra forma de publicação (publicações em Anais devem ter mais do que cinco páginas); (ii) o orientador deve justificar o pedido, especialmente no que diz respeito à relevância do evento para a área (se o evento contou com avaliação das submissões, se é periódico, sua tradição etc).

4. Não serão financiadas, pelo Programa, as participações de docentes e alunos em reuniões de projetos.

3.2. LINGUÍSTICA APLICADA

Para participação em evento científico, poderá haver, por ano, concessão de 1 auxílio ao aluno de Mestrado e de 2 auxílios ao aluno de Doutorado.
Ao aluno de Doutorado poderá será concedido auxílio para participação em evento no exterior se ele já tiver realizado pelo menos Exame de Qualificação.
Para realização de pesquisa de campo, poderá ser concedido, no máximo, 1 auxílio ao aluno de Mestrado e 2 auxílios ao aluno de Doutorado. Nestes casos, é exigido que os alunos tenham concluído todos os créditos em disciplinas.
Terão prioridade de atendimento:
1) alunos não bolsistas;
2) alunos bolsistas que não possuem verba de Reserva Técnica ou Taxa de Bancada;
3) demais alunos bolsistas, que deverão justificar seu pedido junto à Coordenação do respectivo Programa.
Atenção: em todos os casos em que sejam solicitados mais de um auxílio no ano, eles deverão se referir a trabalhos (comunicações, artigos, coleta de dados, etc.) comprovadamente diferentes.

3.3. TEORIA E HISTÓRIA LITERÁRIA:

Concessão de, no máximo, 1 auxílio do tipo pesquisa de campo para o aluno de Mestrado e de, no máximo, 2 auxílios desse tipo ao aluno de Doutorado.
Para participação em evento científico, poderá haver, por ano, concessão de 1 auxílio ao aluno de Mestrado e de 2 auxílios ao aluno de Doutorado.

3.4. DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURAL

Para participação em evento científico (na América Latina), poderá haver, por ano, concessão de 1 auxílio ao aluno de Mestrado.
Para realização de pesquisa de campo, poderá ser concedido, no máximo, 1 auxílio ao aluno de Mestrado. Nestes casos, é exigido que os alunos tenham concluído todos os créditos em disciplinas.
Terão prioridade de atendimento:
1) alunos não bolsistas;
2) alunos bolsistas que não possuem verba de Reserva Técnica ou Taxa de Bancada;
3) demais alunos bolsistas, que deverão justificar seu pedido junto à Coordenação do Programa.

Atenção: em todos os casos em que sejam solicitados mais de um auxílio no ano, eles deverão se referir a trabalhos (comunicações, artigos, coleta de dados, etc.) comprovadamente diferentes.

4. PAGAMENTO DOS RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Para o atendimento das normas de prestação de contas da CAPES, os recursos concedidos pelos Programas só serão pagos mediante a apresentação dos documentos das despesas efetuadas.
Nos casos de participação em eventos científicos, deverá ser apresentado também o Certificado de Participação.
Os documentos para a prestação de contas devem ser entregues no Setor Financeiro do IEL, que, após a devida conferência, efetuará o pagamento dos recursos concedidos.